Página gerada às 05:49h, sabado 19 de Agosto

Xanana Gusmão e Zacarias Kamwenho participam nos 30 anos de Prémio Sakharov

29 de Maio de 2018, 22:56

O Parlamento Europeu (PE) assinala os 30 anos do Prémio Sakharov com uma conferência em que estarão presentes, entre outros laureados com o galardão, o político timorense Xanana Gusmão e o bispo angolano Zacarias Kamwenho, foi hoje anunciado.


Na segunda-feira, o PE vai reunir 24 laureados com o Sakharov, que premeia a liberdade de pensamento, incluindo o político timorense e combatente pela independência do país Xanana Gusmão (1999) e o arcebispo emérito de Lubango, Angola, Zacarias Kamwenho (2001), que teve um papel relevante no processo de paz que conduziu ao fim da guerra civil no país.

O programa da celebração dos 30 anos do Prémio Sakharov inclui uma conferência e a inauguração de uma exposição sobre o galardão,na segunda-feira, dia 04 de junho, e um ‘workshop’ no dia seguinte.

O prémio é atribuído anualmente pelo PE desde 1988 a indivíduos ou organizações que defendem os direitos humanos e as liberdades fundamentais.

Em 2015 foi criado o programa anual de bolsas Sakharov para defensores dos direitos humanos e que, na sua terceira edição, vai juntar em Bruxelas 14 ativistas de todo o mundo para uma ação de formação.

Lusa

 


Comentários

Critério de publicação de comentários