Página gerada às 20:40h, domingo 08 de Dezembro

Sobe para 51 o número de mortos no massacre a mesquitas na Nova Zelândia

03 de Maio de 2019, 18:30

O número de mortos no massacre de março em duas mesquitas na cidade no sul da Nova Zelândia, aumentou para 51, depois de um dos feridos ter sido declarado morto, informou hoje a primeira-ministra, Jacinda Ardern.


O 51.º morto do massacre de 15 de março é um cidadão turco que estava na unidade de terapia intensiva do Hospital Christchurch, a cidade onde ocorreram os ataques.

"Esta é a segunda vítima que morreu no hospital, foi impossível ressuscitar o primeiro quando chegou em 15 de março", disse Ardern.

A primeira-ministra acrescentou ainda que nove pessoas ainda estão internadas no hospital, mas estão consideradas estáveis.

Brenton Tarrant, um australiano nacionalista branco de 28 anos, reivindicou a responsabilidade pelos ataques às mesquitas, divulgou um manifesto anti-imigrantes de 74 páginas e transmitiu em direto na Internet o momento do ataque.

Lusa

 


Comentários

Critério de publicação de comentários