Página gerada às 01:24h, domingo 16 de Setembro

Governo aprova comissão interministerial para o setor do turismo

12 de Junho de 2019, 19:22

O Governo aprovou hoje a criação de uma comissão interministerial para o desenvolvimento do turismo, setor considerado prioritário pelo executivo, mas que até aqui tem tido uma atenção e um orçamento reduzidos.


Em comunicado, o executivo explicou que a comissão vai reforçar “os mecanismos de coordenação e colaboração intersetorial e interministerial de forma a potenciar a competitividade do país enquanto destino turístico por excelência”.

O executivo sustentou que o turismo “é um importante pilar de desenvolvimento económico, social e ambiental de Timor-Leste, essencial para o seu crescimento sustentável” e que a comissão vai preparar o Plano Diretor do Turismo.

A comissão vai ser presidida pelo ministro Coordenador dos Assuntos Económicos e composta pelos ministros responsáveis pelas áreas do turismo, ordenamento de território, transportes e comunicações, interior, cultura, ambiente, cooperativas e formação profissional e emprego.

Na agenda da comissão estão questões como a análise de iniciativas legislativas e a promoção da “articulação interdepartamental na implementação e execução do Plano Diretor do Turismo”.

Os livros orçamentais deste ano consideram o turismo como a quinta entre nove prioridades do executivo, destinando 11,25 milhões de dólares à promoção do “desenvolvimento do setor do Turismo”.

O Ministério do Turismo, Comércio e Indústria tem destinados este ano cerca de 7,78 milhões de dólares sendo que desse total 1,66 milhões são para salários e vencimentos e mais de 3 milhões para o programa de “boa governação e gestão institucional”.

Já o Fundo de Infraestruturas – que tem em 2019 um orçamento total de quase 280 milhões de dólares – dedica este ano (como nos últimos anos) um valor pouco significativo ao turismo, com uma alocação de apenas 271 mil dólares.

O elevado custo de viagens para Timor-Leste e a carência de infraestruturas adequadas são apontados atualmente como os principais obstáculos ao setor em Timor-Leste.

Entretanto, noutro âmbito, o Conselho de Ministro aprovou hoje a nomeação de Francisco Kalbualdi Lay como Autoridade Nacional para Expo 2020 Dubai.

Lay, que foi indigitado, mas nunca tomou posse como ministro Coordenador dos Assuntos Económicos, será responsável por constituir e nomear uma comissão organizadora para a representação de Timor-Leste na Expo 2020, uma exposição mundial que irá realizar-se no Dubai, Emirados Árabes Unidos, entre 20 de outubro de 2020 e 10 de abril de 2021.

Lusa

 


Comentários

Critério de publicação de comentários