Página gerada às 11:13h, segunda-feira 06 de Julho

Morre uma pessoa a cada cinco dias vítima de acidentes de viação em Timor-Leste

29 de Outubro de 2019, 19:56

Uma pessoa morreu, em média, a cada cinco dias, vítima dos mais de 1.700 acidentes de viação registados em Timor-Leste em 2018, segundo um relatório da Direção Nacional de Estatísticas.


Os dados, a que a Lusa teve acesso, indicam que os acidentes de viação causaram ainda 1.672 feridos leves e 404 feridos graves.

As estatísticas de acidentes mostram uma ligeira queda no número de casos face a 2017, quando se registaram 1.830, que provocaram 78 mortos.

Foi na capital, Díli, que se registaram mais mortes em 2018: 24 pessoas em mais de mil acidentes, que causaram ainda 896 feridos leves e 134 feridos graves.

O município de Covalima foi o segundo em número de vítimas mortais (nove), à frente de Manatuto (sete), com Lautem (137 acidentes) e Baucau (com 129) a completarem o pódio em termos de sinistros.

Março foi o mês com maior sinistralidade, e setembro o que registou maior número de mortos (23), com acidentes de moto a provocar mais vítimas (34 mortos), à frente de carros (31) e de peões ou ciclistas (10).

Dos casos de acidentes 848 foram resolvidos amigavelmente, 725 não levaram a processos, 49 foram a tribunal e 90 foram concluídos, revela o relatório.

O relatório mostra ainda que no final de 2018 Timor-Leste tinha 4.165 agentes policiais (623 mulheres e 3542 homens), com 178 na Unidade de Polícia Marítima (UPM), 712 na Unidade Especial de Polícia (UEP) e 383 na Unidade de Patrulhamento de Fronteira (UPF).

Lusa

 


Comentários

Critério de publicação de comentários