Página gerada às 22:38h, domingo 17 de Novembro

Índia ficará de fora de tratado de livre comércio na Ásia-Pacífico

05 de Novembro de 2019, 01:08

A Índia anunciou ontem que não se juntará ao acordo de livre comércio da Ásia-Pacífico, que está a ser promovido pela China e inclui 10 países da região.


Os líderes da Parceria Económica Integral Regional reuniram ontem, à margem de uma cimeira da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), que decorre na Tailândia, tendo acordado resolver diferenças de entendimento sobre o pacto que permitirá abertura de mercados, sob liderança da China.

Contudo, durante uma conferência de Imprensa, um alto diplomata indiano explicou ontem que o seu país não integrará a parceria, invocando a forte oposição interna às exigências do pacto, perante a possibilidade de o mercado ficar saturado com produtos chineses.

“A Índia ficará de fora (do pacto) por interesse nacional”, afirmou Vijay Thakur Singh do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Índia, referindo-se ao acordo que juntará 10 países da ASEAN, incluindo a China, Japão, Coreia do Sul, Austrália e Nova Zelândia.

Lusa

 


Comentários

Critério de publicação de comentários