Página gerada às 05:58h, terça-feira 12 de Dezembro

Ex-ministra da Justiça timorense, presa para cumprir cinco anos de prisão, está internada no hospital nacional

01 de Março de 2013, 16:25

Díli, 01 mar (Lusa) - A ex-ministra da Justiça de Timor-Leste Lúcia Lobato, presa em janeiro para cumprir uma pena de cinco anos de prisão, está internada no hospital nacional de Díli devido a problemas pulmonares, disse hoje fonte familiar.

"Foi internada na terça-feira no Hospital Nacional Guido Valadares com problemas nos pulmões", disse a fonte, sem precisar qual é exatamente o problema de saúde da ex-ministra.

A mesma fonte afirmou que o estado de saúde da ex-ministra está a evoluir favoravelmente.

A 08 de junho, a antiga ministra da Justiça timorense, do IV Governo, chefiado por Xanana Gusmão, foi condenada a cinco anos de prisão pelo Tribunal Distrital de Díli pela prática de um crime de participação económica em negócio.

O crime é relativo à aquisição de fardas para equipar guardas prisionais da Direção Nacional dos Serviços Prisionais e de Reinserção Social.

Lúcia Lobato está a cumprir a pena na prisão de Gleno, a cerca de 50 quilómetros a sudoeste de Díli, no distrito de Ermera.

MSE // FV.

Lusa/Fim


Comentários

Critério de publicação de comentários