Página gerada às 09:24h, quarta-feira 20 de Setembro

Ilha de Ataúro, em Timor-Leste, vai ser eletrificada através de cabo submarino

18 de Julho de 2013, 19:21

Díli, 18 jul (Lusa) - O secretário de Estado da Eletricidade de Timor-Leste, Januário Pereira, disse hoje que a ilha de Ataúro, situada em frente a Díli, vai ser eletrificada através de cabo submarino.

"Vamos fazer um cabo submarino. Os estudos preliminares já estão a ser feitos", afirmou Januário Pereira, que falava à Lusa à margem da cerimónia de lançamento do projeto para o início do pagamento de tarifas de água em Díli.

Segundo o secretário de Estado da Eletricidade, o Governo chegou à conclusão que a construção de uma central elétrica em Ataúro iria ter um "custo muito elevado" e haveria sempre o "problema do transporte de combustível".

"Decidimos fazer a interligação com a subestação de Díli através de cabo submarino", acrescentou.

Januário Pereira disse também que em Oecussi, enclave timorense situado em Timor Ocidental, Indonésia, vai ser construída uma central elétrica e que o fornecimento elétrico àquele distrito deverá ser estar concluído em 2015.

Em novembro de 2011, o Governo timorense inaugurou oficialmente a eletrificação da costa Norte de Timor-Leste, com a entrada em funcionamento da central elétrica de Hera.

No próximo dia 20 de agosto, no âmbito das comemorações do dia nacional das forças armadas, o Governo vai inaugurar a central elétrica de Betano, que vai garantir fornecimento de eletricidade a toda a costa sul do país.

MSE // VM

Lusa/Fim


Comentários

Critério de publicação de comentários