Página gerada às 03:36h, terça-feira 12 de Dezembro

Daniel Ticktum vence F3 do GP Macau em corrida marcada por acidente aparatoso

18 de Novembro de 2018, 20:23

Macau, China, 18 nov (Lusa) - O piloto britânico Daniel Ticktum venceu hoje a prova de Fórmula 3 do 65.º Grande Prémio de Macau, numa corrida marcada pelo acidente aparatoso de Sophia Flörsch.

O piloto de 19 anos, que largou da primeira posição da grelha, venceu pelo segunda vez consecutivo, com a melhor volta a ser registada com um tempo de 2.10,617 minutos.

Em segundo lugar, ficou o sueco Joel Eriksson a 1,208 segundos do piloto britânico. Sacha Fenestraz, francês de 19 anos, ocupou o último lugar do pódio, numa corrida onde o filho de Michael Schumacher, Mick, de 19 anos, não conseguiu repetir o sucesso alcançado pelo pai em Macau, onde o heptacampeão mundial de Fórmula 1 venceu em 1990, ficando em quinto lugar.

A corrida, disputada no icónico Circuito da Guia, traçado citadino de 6,12 quilómetros e considerado um dos mais perigosos do mundo, foi marcada pelo acidente aparatoso da alemã Sophia Flörsch, de apenas 17 anos.

Na terceira das 15 voltas, a alemã despistou-se e embateu no carro do japonês Sho Tsuboi, ultrapassando os 'rails' de proteção na abordagem à curva do Hotel Lisboa. A corrida teve de ser interrompida cerca de uma hora.

De acordo com informações do hospital público Conde São Januário, os dois pilotos, um comissário e dois fotojornalistas ficaram feridos e permaneceram hospitalizados em observação. Sophia Flörsch sofreu uma fratura na coluna, mas encontra-se estável.

No programa do dia destaca-se a vitória do argentino Esteban Guerrieri na última corrida da Taça do Mundo de Carros de Turismo do Grande Prémio de Macau, última etapa do circuito WTCR, que sagrou campeão o veterano piloto italiano Gabriele Tarquini.

Gabriele Tarquini terminou a prova no 10.º lugar, a 8,220 segundos do vencedor, tempo suficiente para arrecadar o título da época.

Nesta corrida, o piloto português André Couto, que corre pelas cores de Macau, terminou na 18.º posição.

Já na prova da Taça do Mundo de GT, o piloto mais rápido foi o Brasileiro Augusto Farfus que ao volante do seu BMW e fez a sua melhor volta com 2.18,774 minutos.

O GP de Macau, que começou na quinta-feira e terminou hoje, incluiu três corridas de carros -- as taças do mundo de Fórmula 3, GT e de carros de turismo (WTCR) -, bem como a 52.ª edição do Grande Prémio de motos, além da taça de carros de turismo de Macau e a taça da Grande Baía.

MIM // PA

Lusa/Fim


Comentários

Critério de publicação de comentários