Página gerada às 23:11h, segunda-feira 25 de Março

Restaurante do KFC homenageia ícone do comunismo chinês

05 de Março de 2019, 20:38

Pequim, 05 mar (Lusa) - Um dos estabelecimentos na China da cadeia de comida rápida Kentucky Fried Chicken (KFC), marca emblemática do "capitalismo norte-americano", lançou hoje uma inusitada campanha, em homenagem a um dos maiores ícones do comunismo chinês.

Segundo a agência noticiosa oficial Xinhua, o KFC abriu o seu primeiro restaurante temático "Espírito de Lei Feng" ('Lei Feng Jingshen', em chinês), na cidade de Changsha, centro da China.

Lei Feng, antigo soldado do Exército de Libertação Popular, as Forças Armadas chinesas, morreu em 1962, aos 22 anos, num acidente de trabalho.

Depois de morto, a sua figura foi popularizada pelo fundador da República Popular, Mao Zedong, que frequentemente elogiava a dedicação ao Partido Comunista e o altruísmo do soldado, convertido assim numa espécie de Che Guevara chinês.

Críticos questionam a autenticidade das suas boas ações e afirmam que são sobretudo relatos escritos num diário alegadamente encontrado após a sua morte.

Até hoje, "Espírito de Lei Feng" é um chavão habitualmente exposto em espaços públicos e gabinetes do Partido Comunista Chinês, como forma de encorajar à união em torno dos ideais socialistas.

Imagens do soldado e frases marcantes deste servem hoje de decoração no estabelecimento no distrito de Wangcheng, em Changsha, segundo a Xinhua.

Citado pela agência, o diretor geral do KFC em Hunan afirmou que a marca norte-americana planeia promover o Espírito de Lei Feng nos mais de 250 restaurantes espalhados pela província e encorajar os seus funcionários a aprenderem com aquele exemplo de altruísmo.

O dia de Lei Feng é celebrado todos os anos, na China, em 5 de março, com alunos do ensino básico a participarem de atividades de voluntariado, incluindo limpar as ruas e ajudar idosos.

JPI // PMC

Lusa/Fim


Comentários

Critério de publicação de comentários