Página gerada às 04:21h, terça-feira 22 de Maio

Almanaque Lusa - 22 de abril

22 de Abril de 2019, 08:01

Lisboa, 22 abr 2019 (Lusa) - Hoje é segunda-feira, 22 de abril, centésimo décimo segundo dia do ano, Dia da Comunidade Luso-Brasileira, Dia Mundial da Terra e Dia Nacional do Património Geológico. Faltam 253 dias para o final de 2019.

Este dia é dedicado a Nossa Senhora, Mãe da Companhia de Jesus, e a Santa Senhorinha, virgem.

Nos céus, a Lua encontra-se na Fase Minguante. Quarto Minguante, dia 26, às 23:18.

O Sol nasce às 06:51 e o ocaso regista-se às 20:20.

No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 06:06 e 18:23, a baixa-mar às 11:51 e 00:11.

Os nascidos nesta data pertencem ao signo Touro, destacando-se Isabel I de Espanha (1451), o escritor britânico Henry Fielding (1707), autor de "Viagem a Lisboa", o filósofo alemão Immanuel Kant (1724), o pianista e compositor português José Viana da Mota (1868), o dirigente revolucionário russo Vladimir Ilitch Ulianov, Lenine (1870), o escritor Vladimir Nabokov (1899) e o pioneiro da física nuclear Robert Oppenheimer (1904).

Nesta data, em 1500, era assinalada a descoberta do Brasil pela armada portuguesa, comandada por Pedro Álvares Cabral. Em 1509, Henrique VIII tornava-se rei de Inglaterra. Em 1821, João VI de Portugal delegava a regência do Brasil no seu filho Pedro, transferindo o governo para Lisboa. Em 1915, na Grande Guerra 1914-18, tropas alemãs usavam pela primeira vez gás letal.

Em 1983, um repórter da revista alemã-federal Stern assegurava ter descoberto 60 volumes do diário de Hitler, embora vários peritos manifestassem dúvidas sobre a sua autenticidade. Em 1984, o Reino Unido cortava relações diplomáticas com a Líbia, na sequência de incidentes ocorridos em Londres. Em 1986, o dirigente líbio Moammar Kadhafi afirmava que o seu país não apoiava nem patrocinava o terrorismo, mas prometia intensificar a sua luta contra os EUA.

Em 1991, o primeiro-ministro português Cavaco Silva recebia o prémio Joseph Bech. Em 1992, condutas de gás rebentavam em cadeia em Guadalajara, México, causando a morte a mais de 200 pessoas. Em 1996, os ministros do Interior de 22 países da Europa de Leste e da UE anunciavam, em Budapeste, o reforço da luta contra o crime organizado. Em 1999, morria Filipe Themudo Barata, antigo Governador de Timor. Tinha 79 anos. Em 2002, morria, aos 53 anos, a atriz Linda Lovelace, Linda Boreman, protagonista do clássico "porno" "Garganta Funda".

Em 2003, a PGR abria um inquérito às contas bancárias na Suíça do antigo ministro das Cidades, Isaltino Morais. Em 2004, o futebolista francês Zinedine Zidane era eleito o melhor jogador europeu dos últimos 50 anos. Eusébio ficava na 10.ª posição.

Em 2005, era lançado o plano nacional de prevenção e combate à fraude e evasão fiscal nas contribuições e prestações da Segurança Social.

Em 2006 o FC Porto conquistava o 21º título de campeão nacional de futebol, ao vencer o Penafiel, 1-0, na 32.ª e antepenúltima jornada da Liga. No mesmo dia, morria Alida Valli, 84 anos, atriz italiana.

Em 2007, entrava em vigor a nova Lei do aborto. O filme "Le Baiser", do realizador francês Stefan Le Lay, vencia o IV Festival Audiovisual Black and White, realizado no Porto. O filme "Transe", de Teresa Villaverde, que aborda a questão do tráfico de mulheres na Europa, era distinguido com dois prémios no Festival de Cinema europeu de Lecce, em Itália - prémio especial do júri e de melhor fotografia. Morria Jorge Gama, 60 anos, presidente da Assembleia Municipal de Valença, antigo deputado do PS.

Em 2008, morria o fundador do primeiro movimento marxista-leninista português, Francisco Martins Rodrigues, em Lisboa. Tinha 81 anos.

Em 2009, morria Ken Annakin, cineasta britânico que rodou "A Batalha das Ardenas" e corealizou "O Dia Mais Longo". Tinha 94 anos.

Em 2011, o cantor e apresentador de televisão, João Maria Tudela, morria no hospital de Cascais, dois dias depois de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) "fulminante".

Em 2015, morria, aos 82 anos, António Rebordão Navarro, escritor - ficcionista e poeta - e editor, na sua residência, no Porto.

Em 2016, um número recorde de países, incluindo os EUA e a China, os maiores poluidores do mundo, assinavam na ONU o acordo histórico que visava diminuir o aquecimento do planeta, negociado em dezembro passado em Paris.

Em 2017, morria, aos 56 anos, em Indiana, Erin Moran, atriz norte-americana da série "Happy Mondays", da década de 1970, que participou em produções como "Barco do Amor" e "Crime, disse ela". Morria, aos 37 anos, Michele Scarponi, vencedor da Volta Itália em bicicleta de 2011, na sequência de um atropelamento durante um treino, em Ancona.

Lusa/Fim.


Comentários

Critério de publicação de comentários