Página gerada às 21:13h, terça-feira 12 de Novembro

Macau teme epidemia da febre de dengue devido a surto em territórios vizinhos

13 de Junho de 2019, 16:58

Macau, China, 13 jun 2019 (Lusa) -- Os Serviços de Saúde de Macau admitiram hoje que o grave surto da febre de dengue nas regiões vizinhas elevou o risco de epidemia no território e apelaram à prevenção.

"A propagação da febre de dengue nas regiões vizinhas a Macau é muito grave, aumentando o risco de ocorrência da epidemia de febre de dengue em Macau", explicam as autoridades em comunicado.

Os Serviços de Saúde sublinharam que "todos os médicos devem estar atentos aos doentes que apresentem sintomas suspeitos de febre de dengue e devem proceder atempadamente à respetiva declaração e teste", acrescentando que "o Laboratório de Saúde Pública dos Serviços de Saúde proporciona, de forma gratuita, o teste da febre de dengue a todas as instituições médicas".

Em Taiwan, desde o início de 2019, foram registados 16 casos locais e 163 casos importados de febre de dengue, os números mais elevados dos últimos dez anos, salientou a mesma entidade.

Já o número de casos de dengue em vários países do Sudeste da Ásia como Malásia, Vietname e Singapura duplicaram comparativamente com o período homólogo do ano passado.

No Camboja, só no espaço de uma semana foram diagnosticados mais de 1.300 casos suspeitos de dengue.

"Com condições climatéricas favoráveis, níveis epidémicos elevados nas regiões vizinhas, o risco de ocorrência de casos de febre de dengue e a sua propagação é elevado", pode ainda ler-se na nota.

"Uma vez que Macau tem registado a ocorrência de chuvas e existem inúmeros recipientes, ao ar livre, propensos à acumulação de água, a possibilidade de multiplicação de mosquitos é muito elevada", sustenta-se.

Por essa razão, as autoridades aconselham ainda os residentes "a prestarem atenção à higiene ambiental e removerem a água estagnada nos locais de trabalho" e próxima das habitações "de modo a fortalecer a prevenção".

JMC // ROC

Lusa/Fim


Comentários

Critério de publicação de comentários