Página gerada às 18:08h, quarta-feira 01 de Abril

Macau abre candidaturas para financiar formação de bilingues chinês-português

20 de Fevereiro de 2020, 18:06

Macau, China, 20 fev 2020 (Lusa) -- Macau abriu hoje o prazo para apresentação de candidaturas por parte de instituições do ensino superior do território para financiar a formação de quadros bilingues em chinês e português, anunciaram as autoridades.

O plano de financiamento especial "visa incentivar o reforço da cooperação das instituições do ensino superior de Macau com outras instituições do ensino superior ou com entidades correlativas em outros locais do mundo, para impulsionar Macau a transformar-se numa base de formação de quadros qualificados bilingues em chinês e português", de acordo com um comunicado.

O âmbito do financiamento foi alargado este ano "para encorajar a realização de ações de intercâmbio das instituições do ensino superior de Macau, em cooperação com entidades do ensino superior ou com entidades congéneres dos países de língua portuguesa".

Pretende-se "melhorar a capacidade profissional dos docentes e investigadores das instituições do ensino superior locais, nas áreas académica e de investigação científica", indicou.

O Fundo do Ensino Superior vai continuar a financiar projetos académicos e de investigação científica do ensino superior, de estudos sobre as diferenças entre os países lusófonos, de fóruns ou de seminários, bem como a formação e intercâmbios que melhorem a qualidade do ensino e as habilitações profissionais dos docentes, de Macau, da China continental e dos países de língua portuguesa.

Por outro lado, mantêm-se os apoios à formação em coorganização com instituições do ensino superior e entidades dos países lusófonos; a projetos académicos e de investigação científica; à publicação de obras académicas, ou exploração e compilação de materiais didáticos portugueses para falantes de língua materna chinesa; à exploração de materiais didáticos eletrónicos para cursos bilingues em chinês e português; e à organização de formação que melhore a capacidade pedagógica e de investigação científica.

As instituições do ensino superior de Macau podem apresentar as candidaturas até 06 de novembro. Contudo, o prazo para projetos de investigação termina em 04 de setembro.

Os projetos das candidaturas podem ser plurianuais, com um prazo de dois anos e concluídos antes de 31 de agosto de 2022.

JMC // EJ

Lusa/Fim


Comentários

Critério de publicação de comentários