Página gerada às 18:08h, quarta-feira 01 de Abril

Número de visitantes em Macau cai 16,8% em janeiro

28 de Fevereiro de 2020, 20:55

Macau, China, 28 fev 2020 (Lusa) - O número de visitantes em Macau caiu 16,8% em janeiro, comparativamente a igual período de 2019, devido à epidemia do coronavírus Covid-19, indicam dados oficiais hoje divulgados.

De acordo com a Direção dos Serviços de Estatísticas e Censos (DSEC), o número de visitantes foi de 2.850.465, enquanto o de excursionistas (1.530.832) e o de turistas (1.319.633) diminuíram 14,2% e 19,6%, respetivamente, no período em análise.

Os visitantes permaneceram em Macau, em janeiro, por um período médio de 1,2 dias.

Segundo a DSEC, o número de visitantes provenientes da China continental (2.132.032) desceu 14,9%, em comparação com o mesmo período de 2019. Destes, 57,2% eram da província de Guangdong, que inclui Macau.

Em contrapartida, o número de visitantes da Coreia do Sul (43.129), de Hong Kong (476.032) e de Taiwan (70.382) desceu 56,6%, 10,8% e 19,0%, respetivamente, em termos anuais.

A DSEC verificou também diminuições superiores a 20% nos números de visitantes dos Estados Unidos (11.623), da Austrália (7.052), do Canadá (4.925) e do Reino Unido (3.132).

O número de visitantes entrados por via terrestre (2.171.321) em janeiro baixou 14,1%, em termos anuais. Pela fronteira das Portas do Cerco entraram 1.606.371 visitantes, menos 11,7%, e pela Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau chegaram 273.693 visitantes, menos 38,3%.

Já o posto fronteiriço terrestre do Cotai registou a entrada de 289.957 visitantes, ou mais 9,9%.

Pelo Aeroporto Internacional de Macau entraram 310.924 visitantes, menos 0,6%, em termos homólogos, e por via marítima chegaram 368.220 visitantes, ou seja, menos 36,9%.

Em 2019, Macau recebeu mais de 39 de milhões de visitantes, num aumento de 10,1% em relação ao ano anterior, num novo recorde para a cidade.

EJ // VM

Lusa/Fim


Comentários

Critério de publicação de comentários