Página gerada às 16:09h, quarta-feira 01 de Abril

China reduz ligações aéreas com o exterior

26 de Março de 2020, 22:52

Pequim, 26 mar 2020 (Lusa) - A China vai impor, a partir de domingo, uma redução drástica nos voos internacionais, devido à pandemia do novo coronavírus, anunciou hoje a Administração Nacional de Aviação Civil chinesa.

Em comunicado, a Administração informou que cada companhia aérea chinesa poderá realizar apenas uma ligação de ida e volta por semana para cada país. No mesmo espírito, uma empresa estrangeira também só poderá voar uma vez por semana para os seus destinos fora da China.

O país asiático, onde a covid-19 surgiu em dezembro, conteve já em grande parte a epidemia no seu território. As autoridades não relataram novos casos de contaminação local nos últimos dois dias.

Mas o país está preocupado com os casos "importados", sobretudo chineses que tentam regressar ao país, à medida que a doença se alastrou além-fronteiras.

No total, a China detetou já 500 casos de infeção entre recém-chegados.

Numa outra medida, Administração Nacional de Aviação Civil estipulou que a taxa de ocupação dos voos não pode superar os 75%.

As decisões visam "limitar resolutamente o alto risco de importar novos casos de infeção pelo coronavírus".

JPI // ANP

Lusa/Fim


Comentários

Critério de publicação de comentários